Home » AVC

Saber os sintomas do AVC pode salvar-lhe a vida!

22 November 2010 120,447 views No Comment

O acidente vascular cerebral (AVC) é uma das principais causas de morte e de incapacidade no nosso país.

Em 2009, estima-se que dois portugueses morreram a cada hora, vítimas de AVC.

É fundamental a prevenção deste tipo de doença, através da adopção de estilos de vida saudável e da educação para a saúde. É também muito importante que as pessoas conheçam não só os factores de risco para este tipo de acidente, para actuar na sua prevenção, como também os principais sintomas de instalação do acidente vascular cerebral.

A pessoa que sabe identificar os sinais do acidente vascular cerebral está apta a chamar os serviços de emergência, quando presencia este tipo de situações. Em casos em que a vítima é o próprio, a pessoa informada é também capaz de alertar as pessoas próximas, para recorrer ao seu auxílio.

Os principais sintomas do AVC consistem em:

– Diminuição da força muscular ou adormecimento de um membro ou metade corporal, com clara dificuldade de equilíbrio e movimento. Nalguns casos, podem também ocorrer paralisia da face com desvio dos lábios, ficando a pessoa com um esgar característico e incapaz de conter a saliva no interior da boca.

– Alteração na fala, sendo a pessoa incapaz de se expressar oralmente ou apresentando uma linguagem arrastada e enrolada. Nalguns casos, mesmo que a pessoa consiga falar, diz coisas aparentemente sem nexo. Existem situações em que a pessoa deixa de conseguir processar a linguagem e aquilo que lhe é dito.

– A perda de visão de um olho, ou parte do campo visual, mesmo que temporariamente, é um sinal de alerta claro;

– Dor de cabeça súbita, sem causa aparente e diferente do habitual, seguida de vómitos, sonolência ou perda de consciência. A pessoa pode também apresentar perda de memória, confusão mental e dificuldades para executar tarefas habituais de início rápido.

– Tonturas, com perda súbita de equilíbrio, são frequentes.

Consoante diferentes tipos de AVC, as pessoas podem também deparar-se com os seguintes sintomas:

Em caso de AVC Trombótico

A instalação de sintomas dá-se lentamente e são muitas vezes precedidos de sintomas de aviso. Ocorrem comummente durante a noite ou ao despertar. São mais frequentes no grupo etário dos 60 aos 90 anos, com antecedentes de HTA e ou Diabetes Mellitus. Nestas situações, os doentes apresentam um estado de consciência frequentemente mantido.

Em caso de AVC Embólico

São situações de instalação súbita ou abrupta, com evidência de défices neurológicos imediatos com grande comprometimento motor, cognitivo e da linguagem.

– Em caso de AVC Hemorrágico

A instalação de sintomas dá-se de forma progressiva, ao longo de um período de minutos ou horas. Os doentes apresentam muitas vezes dores de cabeça, náuseas e vómitos, decorrentes do aumento da pressão intracraniana associada a hemorragia. É frequente um estado de pressão arterial elevada e diminuição progressiva do estado de consciência.

Se estiver na companhia de uma pessoa que manifeste este tipo de sintomas, por favor, contacte o 112 e descreva a situações e os sintomas que observou. Se possível, contacte também um familiar ou pessoa significativa do doente e informe-o da situação.

Através da divulgação do conhecimento sobre estas questões, tornamo-nos capazes de recorrer ao serviço de saúde quando a situação de emergência se aproxima, garantindo a nossa segurança e a dos outros.

Participe activamente na intervenção face ao AVC, pela sua saúde e pela dos outros, informe-se!

Leave your response!

Add your comment below, or trackback from your own site. You can also subscribe to these comments via RSS.

Be nice. Keep it clean. Stay on topic. No spam.

You can use these tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This is a Gravatar-enabled weblog. To get your own globally-recognized-avatar, please register at Gravatar.